Introdução

A sociedade espera das instituições públicas respostas rápidas, eficientes, transparentes e uma gestão administrativa em que a qualidade esteja atrelada aos resultados.
Com esse foco, o Conselho Nacional de Justiça ‐ CNJ, por meio da Resolução 49/07 , orientou os órgãos do Poder Judiciário a organizarem, em sua estrutura, unidade administrativa competente para elaborar, implementar e gerir o seu plano de gestão estratégica.
A Justiça Militar de Minas Gerais, como órgão do Judiciário, criou assim o seu Núcleo de Estatística e Gestão Estratégica , que, por sua vez, elabora o planejamento plurianual.