Mais uma etapa das obras do Plano de Identidade de Gestão 2018-2019 é concluída.

IMG 5736cp

Na foto, à esqueda, o juiz James Ferreira Santos, presidente do TJMMG; ao seu lado, o juiz Jadir Silva, Corregedor da Justiça Militar.  

Magistrados, servidores e colaboradores da Justiça Militar de Minas Gerais se reuniram no dia 3 para celebrar mais uma etapa concluída nas obras de revitalização dos espaços do edifício sede da Justiça Militar, parte integrante do plano de identidade de gestão para o biênio 2018-2019.

IMG 5712cp

O plano possui três enfoques: a Gestão Organizacional em âmbitos administrativo e de pessoal, com o aprimoramento das normativas internas, sistemas computacionais, ambiente de trabalho, acessibilidade e transparência, de forma participativa; O Espaço Físico, contando com o aperfeiçoamento das instalações da Justiça Militar, com vistas à segurança, o conforto e a funcionalidade; e a Prestação de Serviços, primando pelo contínuo aperfeiçoamento da força de trabalho em todas as unidades do Órgão, bem como desenvolvendo métodos, estabelecendo protocolos e planos de ação visando garantir a segurança de magistrados, servidores e demais usuários desta Justiça.

Até o momento, foram concluídas as obras previstas para o andar térreo do edifício por meio de intervenções e repaginação dos espaços, bem como promovendo melhorias no controle de acesso ao prédio. O auditório da instituição conta com nova sala de controle técnico de áudio e vídeo, sistemas de ventilação e iluminação readequados.

Ainda, foram realizadas intervenções na Sala de Audiência da Segunda Auditoria e nos novos espaços da Corregedoria e da Defensoria Pública.

O arquivo físico do prédio anexo, agora possui 840 metros lineares de mobiliário especializado – arquivos deslizantes.

No campo da tecnologia da informação, foram adquiridas 50 novas estações de trabalho para a atualização do parque tecnológico desta Justiça especializada.
Nos próximos três meses serão finalizadas as obras do Plano de Identidade de Gestão com intervenções nas salas de audiências da 1ª e da 3ª auditoria, nos moldes do trabalho realizado na segunda auditoria.

 

Secom/TJMMG