Coordenadoria da Justiça Militar da AMB discute ações para gestão 2020/2022

 

04b3ad4a cc04 4a49 adeb 2a1cd7de12a8

A Coordenadoria da Justiça Militar da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) se reuniu na tarde desta terça-feira (25) para debater sobre as ações e eventos na gestão de 2020/2022, bem como sobre o tema do teletrabalho realizado nos Tribunais Militares durante a pandemia de Covid-19. O desembargador Rúbio Paulino Coelho representou o Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais no encontro virtual.

O coordenador da Justiça Militar da AMB e vice-presidente do Tribunal de Justiça Militar de São Paulo, Paulo Adib Casseb, avaliou que os trabalhos dos TJMs, realizados por videoconferência, têm ocorrido normalmente. “Os trabalhos têm sido feitos de forma bastante eficiente. Atendem adequadamente o jurisdicionado e permitem que durante a pandemia os trabalhos da Justiça Militar se desenvolvam com regularidade e celeridade”, ponderou o magistrado.

Os reflexos da pandemia no trabalho e na saúde de magistrados e servidores também foi tema da reunião. Um levantamento nesta segunda-feira (24), pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), mostrou o aumento de casos de depressão e ansiedade por causa do isolamento social.

Secom/ TJMMG