CFO 2020

WhatsApp Image 2020 12 05 at 17.07.10

Fotos: PMMG

O presidente do TJMMG, desembargador Fernando Armando Ribeiro, participou da solenidade de formatura do Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar de Minas Gerais – 2020 que ocorreu na Academia de Polícia Militar, na noite do dia 4 de dezembro.

Neste ano, em razão da Pandemia, o evento ocorreu de forma restrita e foram adotadas medidas de prevenção ao contágio do Covid-19.

Na solenidade, tradicionalmente são entregues comendas como forma de coroamento do êxito alcançado pelos aspirantes pelo desempenho obtido no Curso de Formação de Oficiais. O curso tem duração de dois anos e exige o título de bacharel em Direito aos ingressos.

De acordo com a Polícia Militar, “a matriz curricular do CFO abrange as áreas essenciais para a capacitação e preparo do oficial para o exercício do comando na atividade de polícia ostensiva e de manutenção da ordem pública. Disciplinas jurídicas, de administração e gerência, linguagem, informação e pesquisa complementam a grade curricular, que compreende uma harmoniosa conjugação de conhecimentos interdisciplinares que propiciam o desenvolvimento das habilidades e competências necessárias ao futuro oficial.”

Agraciamentos

Na ocasião, o primeiro colocado no curso foi agraciado com uma espada, símbolo maior do oficialato.

O agraciado foi o aspirante-a-oficial Guilherme César Bertolin, que recebeu a comenda das mãos do comandante-geral da Polícia Militar de Minas Gerais, Cel PM Rodrigo Souza Rodrigues, acompanhado pelo comandante da Academia de Polícia militar, Cel PM Welson Barbosa Rezende.

Tribunal de Justiça Militar

WhatsApp Image 2020 12 05 at 17.07.10 2

O aspirante-a-oficial Guilherme César Bertolin foi agraciado pelo presidente do TJMMG, desembargador Fernando Armando Ribeiro, com a Medalha do Mérito desta instituição.

“O Tribunal de Justiça Militar do Estado de Minas Gerais considera que a dedicação, o esforço e a superação na busca do saber jurídico do aspirante que alcançou a primeira colocação nas disciplinas jurídicas durante o Curso de Formação de Oficiais o torna merecedor de tamanha comenda.”

Instituída pela resolução 62 do ano de 2007 do Tribunal de Justiça Militar do Estado de Minas Gerais, a Medalha do

Mérito Judiciário Militar se destina a agraciar os Juízes de Direito do Juízo Militar e pessoas físicas que tenham prestado relevantes serviços à Justiça Militar Estadual ou que dela se tenham tornado credores de homenagem especial.

 

 

Secom/TJMMG com informações da PMMG