Presidente do TJMMG participa da solenidade de posse da nova administração do TRT-MG

WhatsApp Image 2021 12 10 at 18.35.01

O presidente do Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais, desembargador Fernando Armando Ribeiro, participou nesta sexta-feira, 10/12, da solenidade de posse da nova administração do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região - Minas Gerais, para o biênio 2022/2023, composta pelos desembargadores Ricardo Antônio Mohallem, no cargo de presidente; César Pereira da Silva Machado Júnior, como 1º vice-presidente; Rosemary de Oliveira Pires Afonso, como 2ª vice-presidente; Fernando Rios Neto, como corregedor; e Manoel Barbosa da Silva, como vice-corregedor.

A solenidade de posse foi realizada na sede do TRT-MG, em Belo Horizonte, sendo também transmitida ao vivo pelo canal oficial da instituição no Youtube.

Currículos

Ricardo Antônio Mohallem ingressou na magistratura trabalhista em 1986, por concurso público como juiz substituto. Foi promovido em 1987 a juiz presidente de junta de conciliação e julgamento. Presidiu as JCJs de Sete Lagoas, 1ª de Betim, 1ª, 18ª e 31ª de Belo Horizonte. Em 2001, foi promovido por merecimento e empossado no 2º grau. Considerando a Resolução 104/CSJT, a partir de 25 de maio de 2012, foi denominado desembargador do trabalho. Eleito e empossado 1º vice-presidente do TRT-MG para o biênio 2016/2017.

César Pereira da Silva Machado Júnior ingressou na magistratura trabalhista em 1987, por concurso público como juiz substituto. Foi promovido em 1989 a juiz presidente de junta de conciliação e julgamento. Presidiu a 1ª e 4ª JCJs de Uberlândia. Em 2005, foi promovido por antiguidade e empossado no 2º grau. Considerando a Resolução 104/CSJT, a partir de 25 de maio de 2012, foi denominado desembargador do trabalho. Exerceu os cargos de diretor da Escola Judicial e vice-corregedor do TRT-MG nos biênios 2010/2011 e 2016/2017, respectivamente.

Rosemary de Oliveira Pires Afonso ingressou na magistratura trabalhista em 1990, por concurso público no cargo de juíza substituta. Foi promovida em 1993 a juíza presidente de junta de conciliação e julgamento. Presidiu a 1ª de Montes Claros, a  2ª de Coronel Fabriciano, a 2ª de João Monlevade, a 2ª de Congonhas, a 2ª de Sete Lagoas e a de Nova Lima. Foi juíza titular da 20ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte e da Vara do Trabalho de Sabará. Em 2015, foi promovida por merecimento e empossada desembargadora  do trabalho.

Fernando Luiz Gonçalves Rios Neto ingressou na magistratura trabalhista em 1989 por concurso público. Foi promovido em 1990 a juiz do trabalho presidente de junta de conciliação e julgamento. Presidiu as JCJs de Governador Valadares, Almenara, Itaúna e 13ª de Belo Horizonte. Foi juiz titular da 39ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte. Em 2012, foi promovido por merecimento e empossado desembargador do trabalho. Eleito e empossado vice-corregedor do TRT-MG para o biênio 2018/2019 e 1º vice-presidente no  biênio 2020-2021.

Manoel Barbosa da Silva ingressou na magistratura trabalhista em 1990, por concurso público como juiz substituto. Foi promovido em 1993 a juiz presidente de junta de conciliação e julgamento. Presidiu as JCJs de Januária, Itabira e 2ª de Sete Lagoas. Foi juiz titular da 16ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, 5ª e 6ª de Contagem. Em 2015, foi promovido por merecimento e empossado desembargador do trabalho.

Secom/ TJMMG – com informações do TRT-MG